segunda-feira, 27 de julho de 2009

Vitória incontestável de Hamilton na Hungria

Antes de mais nada, queria me desculpar pela ausência nos dois últimos dias. Estou desde o sábado de molho, por conta de um problema de saúde. Mesmo assim, acordei cedo no domingo para acompanhar mais um monótono Grande Prêmio da Hungria.

O inglês Lewis Hamilton finalmente venceu nesta temporada. Agora, soma um total de 10 vitórias em sua carreira -- duas dessas em Hungaroring --, igualando-se a James Hunt, Ronnie Peterson, Jody Scheckter e Gerhard Berger. De quebra, foi responsável pela histórica primeira vitória de um carro equipado com KERS.

Depois de uma largada conturbada, o finlandês Kimi Raikkonen teve o segundo lugar mantido pelos comissários.

O espanhol Fernando Alonso não marcava uma pole desde o Grande Prêmio da Itália de 2007. Com o resultado, igualou-se a Mario Andretti e René Arnoux no número de conquistas -- 18 no total.

Pela primeira vez na temporada, Alonso, Hamilton e Kovalainen (foto) lideraram uma corrida.

Pelo jeito, a Brawn virou abóbora e o conto de fadas chegou ao fim. Embora tenha conseguido pontuar em todas as corridas até aqui, Button (na foto, ultrapassando Nakajima no início da prova) não foi além do sétimo lugar.

Com 19 anos e 125 dias de idade, Jaime Alguersuari se tornou, oficialmente, o piloto mais jovem da história da Fórmula-1. Chegou ao fim sem atrapalhar ninguém, à frente de seu parceiro de equipe, o suíço Sebastian Buemi.

O australiano Mark Webber, terceiro colocado, conquistou pela primeira vez na carreira a volta mais rápida de uma corrida. Infelizmente, foi atrapalhado pela equipe em seu pit-stop, voltando atrás de um concorrente mais lento, o alemão Timo Glock.

Lamentavelmente, a Renault foi suspensa da próxima corrida pelo incidente ocorrido com Fernando Alonso, que perdeu a roda do carro após seu primeiro seu pit-stop. Segundo os comissários, a equipe agiu de maneira negligente, sem tomar qualquer providência para impedir a volta do piloto à pista. Desde 2005, quando a BAR foi suspensa por fraude em Barcelona e Mônaco, que uma equipe não era excluída por antecedência.

Antes da prova, os mecânicos da Ferrari mandaram seu recado a Felipe Massa: "Força Felipe, estamos com você".

Em sua cor origianl, o laranja, a McLaren comemorou sua 163ª vitória na categoria

12 comentários:

Daniel Médici disse...

Fotos muito legais, mas a mais carregada de sentido, na minha opinião, é a da homenagem a Felipe. É interessante notar tanto a ausência do piloto quanto a ausência dos torcedores. A crise bateu no público do GP da Hungria...

Tohmé disse...

ÓTIMO RESUMO.
Gostei da estréia do garoto.

Marcos Antônio Filho disse...

é o kimi foi até comemorar com atorcida seu segundo lugar!rsrsrs

Loucos por F-1 disse...

Felipão, o Hamilton andou muito na Hungria, vitória mais do que merecida. Como é bom ver a McLaren de volta ao lugar mais alto do pódio. A Flecha Prateada voou em Hungaroring.

Abraço!

Leandro Montianele

Paulo Maeda™ disse...

ótimas fotos e comentários melhor ainda. Se eu me lembro o Galvão disse q essa foi a 14ª vitória de Hamilton... sei lah agora. E foi bom msm ver a Mclata ganhando de novo. Flws

Felipão disse...

Opa...

Acho que ele falou errado então, Maeda. Foi a décima, e a primeira vez que venceu pela "segunda vez" em um mesmo circuito...

Abração!!!

Cibele Bastos disse...

ahh sei la... n chamo d incontestável. Pra mim, ia dar Webber.

Felipão disse...

Isso é verdade, Cibele. O Webber deu muito azar em seu pit-stop... Estaria no páreo se não tivesse perdido tanto tempo atrás do Glock...

Teca disse...

É... chegou a hora do campeão mundial vencer uma...eheh

Felipão, ficou bem bacana esse resumo.

Parabéns.

Beijos.

De Gennaro Motors disse...

ele quebrou o silencio...HEHEHE

kimi_cris disse...

Grande surpresa... Pouca gente esperava uma vitória do Hamilton

Grande Abraço!

Kimi_Cris

Hugo Becker disse...

Bem lembrado o lance da BAR.

Como eu disse lá no meu blog, "dobradinha de dois campeões mundiais, vitória de Hamilton, Raikkonen em segundo lugar, McLaren e Ferrari na ponta... parece até F-1, não?"... hahaha