sábado, 25 de julho de 2009

Dia triste e confuso em Hungaroring

Helmut Marko -- que hoje trabalha para a Red-Bull--, pilotando um BRM da equipe Austria Marlboro no dia de seu acidente

Durante o Gp da França de 1972, realizado na perigosa Clermont-Ferrand, uma pedra arremessada pelo carro de um concorrente atravessou a viseira e vazou o olho de Helmut Marko. A partir disso, os fabricantes passaram a desenvolver capacetes mais resistentes -- à prova de bala, inclusive. Cego do olho esquerdo, o austríaco foi obrigado a encerrar prematuramente sua carreira de piloto. Contudo, continuou no automobilismo, desenvolvendo um trabalho importante na base.



Hoje, em Hungaroring, Felipe Massa foi acometido por uma peça que se soltou do carro de Rubens Barrichello e o acertou na cabeça. Desacordado, Massa se tornou passageiro do próprio bólido, que só parou quando encontrou a barreira de pneus.

Uma imagem do atendimento ao piloto foi divulgada no site do Globoesporte. Nela, Massa aparece com o olho direito esbugalhado e um grande buraco na região do supercílio. Segundo o hospital, o brasileiro passou por cirurgia e segue em coma induzido.

No final do treino, o "Live Timing" sofreu uma pane, gerando grande confusão entre os pilotos. Assim que desceu da Renault, Fernando Alonso passou a andar entre os carros, perguntando como os adversários haviam se saído. Uma imagem inusitada, como a do acidente do brasileiro. O espanhol só ficou sabendo que havia conquistado a pole minutos depois, através do chefão Bernie Ecclestone.

14 comentários:

Loucos por F-1 disse...

Felipão, fiquei assustado com este acidente do Felipe Massa. O mais angustiante é a demora na divulgação das notícias. Mas espero que ele se recupere logo e que essa pequena lesão no cérebro não seja nada de mais.

Abraço!

Leandro Montianele

Fionda o Shark. disse...

eu via noticia hoje cedo,mas tomará que ele saia bem dessa,ele já es um marco importante para os brasileiros... ;)

Tohmé disse...

Felipão, se não me engano, a pedera foi jogada da Lotus do Emerson.


Meu email (que não chegou) era para nós nos encontrarmos pra um Chopp, com Groo, Alexandre Ribeiro, Gustavo e quem mais quisesse.

Teca disse...

Pô, Felipão, tô rezando pela melhora dele...

Que aflição...

Beijos.

kimi_cris disse...

Felizmente correu tudo bem com a operação, agora vem o mais dificil que é a recuperação...Vamos lá Massa

Grande Abraço!

Kimi_Cris

tohmé disse...

Opa, pra mim, beleza.
ptohme@terra.com.br
Me envia uma mensagem, ok?

Felipão disse...

Opa...

É só marcar que eu vou, Tohmé!!!

Inclusive, se aalera quiser aparecer, fica o convite...

E, Fionda...

Seja muito bem vinda!!!

Joel Marcos Cesetti disse...

O Felipe vai se sair bem.
O que preocupa ultimamente são peças e rodas voando dos carros.
Realmente o acidente assustou pois na hora lembrou um outro que todos sabem o final.

Como o felipe diz- Acelera Bruto!

Fábio Andrade disse...

Eu confesso que na hora da aflição entendi a pane do Live Timing como sinal de que algo daria errado com o Felipe.

Felizmente estava errado. Mas deu pra sofrer de um tremor nas pernas e de uma considerável palpitação no rítimo cardíaco.

A imagem do Surtees veio à minha mente e ficou vagando pela minha massa cinzenta durante todo o dia.

Mas agora é torcer muito pela recuperação desse cara que demorou pra "conquistar" meu respeito como piloto e hoje é um dos meus favoritos.

Felipão disse...

Não só o seu, como o de muitas pessoas, Fabio...

Valeu galera pelas mensagens...

F-1 A.L.C. disse...

um caos total. os pilotos e os aficionados sem saber o final do treino, não vejo porque isso possa ser decorrente do accidente. imagino que foi uma serie de pepinos que juntaram-se hoje.

tomara e o felipe esteja bem. a sensação é de que ninguém precissa passar por isso por causa de nossa diversão. e que novas medidas de seguran;ca deveram ser tomadas

Fábio Andrade disse...

É, não tinha nada a ver mesmo, F-1 ALC, mas razão é uma coisa difícil de se encontrar em momentos como os de ontem.

O pensamento que tive foi absolutamente irracional mesmo.

Ron Groo disse...

Foi triste, mas como disse Jackie Stewart: o automobilismo nunca vai ser cem por cento seguro.

Ele vai sair desta, com certeza.

oliver disse...

O caso é sério, muito sério.

Não se induz como por nada.

Cérebro inchou e mantem-se inchado. Não aumentou mas não diminuiu.

Perdeu massa óssea e não se sabe como o olho irá reagir.

Depois que o inchaço passar, depois que tudo se resolver, será necessária uma nova cirurgia para colocar placas de platina onde foi retirado tecido ósseo.

Massa, provavelmente, ficará bem e tudo não terá passado de um imenso susto.

Mas isto demanda TEMPO. MUITO TEMPO.

E a ferrari NÃO TEM este tempo.

Talvez o conselho do Lauda venha se tornar realidade, ou o piloto de testes assuma.

Já que aconteceu o pior, pelo menos o massa tem o resto do ano pra se recuperar.

Mas este,

ACABOU.