terça-feira, 11 de novembro de 2008

Encurralado

Tudo tem início quando David Mann, em viagem de negócios, dirige tranquilamente seu Plymouth Valiant vermelho, de desempenho modesto, por lugares inóspitos da Califórnia.

Infelizmente, em um certo momento da viagem, um caminhoneiro se sente ofendido ao ser ultrapassado por Mann e passa a perseguí-lo de forma implacável.

Assim, como no velho oeste, os dois passam a duelar por estradas secundárias, disputando cada palmo de pista.

Segundo Steven Spielberg, em seu primeiro longa-metragem, o Valiant foi escolhido apenas por sua cor, que se destacava na paisagem bege e marrom do deserto.

"Me tragam qualquer carro, desde que seja vermelho."

Já o caminhão, um Peterbilt 281, de carcaça enferrujada, foi escolhido a dedo pelo diretor em um estacionamento.

Com seu enorme nariz pontudo, o 281 tinha um rosto, onde as janelas eram os olhos e o pára-choque, em conjunto com a grade, formava a boca.

"Bati o olho no caminhão e disse, o papel é seu".

11 comentários:

Luís Augusto disse...

Vale lembrar que o Valiant do filme tem desempenho modesto por causa do antiquado motor 6 cilindros, nada a ver com o V8 318 que equipou o Dart brasileiro.

Felipão disse...

muito bem lembrado, Luis...

O Valiant que também era integrante da família de carrocerias A Block, assim como o Dart...

E nem de longe poderia ser comparado em desempenho com o Barracuda e ao Duster, que eram modelos que foram criados a partir do Valiant...

Felipão disse...

ops

A Body, melhor dizendo...

oliver disse...

Mas os Dart tinham duas coisa que impressionavam:

- o motor, pra correr em linha reta;

- a beleza do design.

Como um todo, os Dart eram horríveis.

Não faziam curva, câmbio de 3 marchas, molas na traseira.

Nunca se deram bem em corrida nenhuma, ou seja, era carros que impressionavam,

e só.


Já o filme, eu vi.

Muito bom.

Ron Groo disse...

O filme é horrivel, só vale mesmo por ser o primeiro de Spielberg. Já o carro é bacana... É bem parecido com o carro que o 'rei' usa para treinar no filme RC à 300 km por hora... inclusive a cor.

Paulo Maeda disse...

eu tb lembrei do carro pilotado pelo "rei" ao ver este Valiant. Bom, eu não vi o filme, mas já alguns parecidos e realmente, a história não é das mais intrigantes.

Gustavo disse...

Eu gostei foi do vilão, cara de mau mesmo !

Felipe Maciel disse...

Não conheço o filme, só sei que o Spielberg sempre manda bem.
Gostei da frase dele... Parece a versão ferrarista da máxima de Henry Ford hehehehhe

Um abraço Felipão

Teca disse...

Felipão, essas suas postagens carros x filmes são sempre espetaculares.

Beijos.

Felipão disse...

Oi Teca...

Que bom que voltou...

Aaron disse...

Fizeram um plágio do filme na série Hulk episódio 01x09 assista baixe no link http://rose-filmes.blogspot.com.br/2012/11/baixar-o-incrivel-hulk-1-e-2-temporada_16.html