quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Nelsinho e as CAMINHONETES

001

Quem tiver que me perdoar, que me perdoe.

Mas vamos esclarecer como funciona o "americano".

Imagine um barzinho muito alegre, muito elegante, o chopp bem gelado, os petiscos são os melhores, as pessoas bem arrumadas (com uma arma no bolso e um "instinto assassino", mas nada é perfeito).

Este barzinho é todo envidraçado.

Quem está dentro gosta que todos VEJAM aquela alegria, mas é só.

Não deixam ninguém entrar.

Assim é, especialmente na NASCAR.

A NASCAR é o automobilismo AMERICANO, feito para os AMERICANOS no melhor estilo AMERICANO.

Lá vale tudo, até tirar da pista, na porrada, alguém que faz sacanagem pra outro na pista.

A platéia vibra, os organizadores agradecem.

Uns ganham dinheiro. Outros, diversão.

Todos felizes dentro do barzinho.


O Villeneuve foi pra NASCAR.

Foi por causa do nome, por causa da grana que o nome poderia gerar.

Não levou nada, não passou do início.

O Montoya se mantém, mas o Montoya é COLOMBIANO.

É um "anexo" do barzinho.

Os brasileiros tem uma certa história, NA INDY.

Acho que o Nelsinho, a exemplo do Christian, NÃO PASSA.



Lembro quando o Piquezão disse pra ele:

- Começa com uma equipe pequena, uma Minardi.

O guri não quis. Fez besteira.

Agora, no MEU entendimento, tá fazendo besteira de novo.

Neste mundo onde ele vive, duas já chega.

Não vai fazer a terceira.

15 comentários:

Fernando Kesnault disse...

Vai apanhar igual cachorro de bêbado não?? Até conseguir experiência (se chegar até lá) vai levar totó e fazer o que faz de melhor - bater no muro - muitas e muitas vezes. Ainda mais que é um garoto, "tadinho" dele com aquelas feras veteranas.

Bruno disse...

Dizem que o Nelsinho mostrou desenvoltura com o traçado oval e vai testar as pick-ups mais uma vez nessa semana.
As portas se fecharam para ele na Europa, mas ele prometeu voltar: "meu sonho é vencer as 24hrs de Le Mans".
Estranho é ver que existem várias vagas "compráveis" na Fórmula 1 e que o pai não bancou nenhuma. Sinal que a carreira do filho já era...

Bruno disse...

Ah, claro.

Ótimo retorno, oliver.

Pinheirinho disse...

O que todos já sabiam. Sem vaga na Fórmula 1, Nelsinho Piquet confirma que realmente correrá em uma das subdivisões da Stock Car norte-americana.
Pinheirinho é divulgador cultural é maranhense, a partir de Brasília. - E-mail: pinheirinhoma@hotmail.com

Felipão disse...

Aeee

Grande oliver...

o bom eh que ele não vai poder bater... mesmo que quiser... a chance de não sair vivo pra próxima é altissimo, hahahahaha

abração

Marcelonso disse...

Oliver

Nelsinho está no lugar certo,o que não falta por essas bandas é muro.

E tinha gente que acreditava nesse cara...

abraço

Leandro Montianele disse...

ôôôôô o Oliver voltooou!!!

A tendencia é que a carreira de Nelsinho vá descendo ladeira abaixo. Vai tomar um sacode dos americanos e terá que sair de boca calada para não tomar uns tapas. Volto a dizer, ele vai para Truck fazer dupla com o irmão.

Abração!

oliver disse...

AEWWW


VALEU PESSOAL.

F-1 A.L.C. disse...

bom, pelo menos a traseira de picape é mais facil de arrumar quando bate...

Paulo Maeda™ disse...

quanta maldade kkkkk, vou contribuir tb.
O show pros americanos lah nos ovais eh msm as batidas (big ones... uhúuu)e isso o Nelsinho vai poder fazer lá a beça.

Tb nao acredito que ele vá conseguir sucesso lá. No ano passado, soh tinham 2 pilotos que não era dos EUA correndo lá, Montoya e um australiano (acho q Ambrose). É um esporte msm pra americanos e pra pilotos americanos.

Anselmo Coyote disse...

Dá nojo! Nada como um dia após o outro com uma noite de permeio.

Tiago Wakabayashi disse...

Ou ele vira homem ou apanha como um fracassado lá.

Eu queria desejar boa sorte, mas eu não tenho a quantidade alta que tu queres, Nelsinho xD

Teca disse...

Demorô, gauchinho! "O bom filho à casa retorna"...

Se eu te contar que nunca botei fé no Nelsinho, você me jogaria pedras e restos de pneus?

Beijos!

Maldita Futebol Clube disse...

Cara, talento ele tem. mas, não segue os conselhos do pai e se perde, lamentavelmente. havia sido o brasileiro com o melhor ano de estréia em mundias de f-1. era promissor. Agora, vai ter que ralar triplicado para convencer a midia e a todos. ainda acredito nele. penso que todos merecemos uma segunda chance. E no caso dele, apesar de vilão e errado, vejo potencial para ganhar o que disputar no auto9mobilismo. não se esquece de uma hora para outra o talento!O que é nato é nato. torço por ele.

SAVIOMACHADO disse...

Ótimo post Felipão!! Tenho esse mesmo pensamento. Mas não dá para discriminar o Nelsinho. Pois a cada ano que passa as pessoas amadurecem mais cedo.. Batem a cabeça mais cedo.. Aprendem sozinhos mais cedo.
Meu filho tem 4 anos e pediu para cortar o pão sozinho. E eu disse que não. E ele disse: Mas eu quero aprender papai.
Eu gostaria também que Nelsinho fosse mais inteligente em seguir os conselhos do pai. Mas não dá para dizer que ele fez errado.
Vivemos num mundo cheio de oportunidades. Ele está aprendendo. Se não vai conseguir chegar a Formula 1 novamente isso é outra história.

Quero parabenizar o teu trabalho novamente. O visual novo ficou mais bonito ainda.
Sucesso para a nova temporada de 2010.
Grande abraço ao trio Felipão, Leandro e Bruno!!
Até o próximo comentário.
SAVIOMACHADO