segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Briatore é banido da Fórmula-1

Como já era esperado, Flavio Briatore foi banido para sempre da Fórmula-1 e de qualquer competição chancelada pela FIA. Por ter planejado o acidente proposital de Nelsinho Piquet no Grande Prêmio de Cingapura de 2008, o italiano está proibido de comparecer nas áreas de jurisdição da entidade e não poderá manter qualquer envolvimento com o esporte.

Os pilotos que o tiverem como empresário não terão direito, inclusive, à superlicença. Por isso, Mark Webber, Heikki Kovalainen, Romain Grosjean e o próprio Nelsinho Piquet terão de escolher outro manager. O veredito saiu agora pouco, em um julgamento que durou pouco mais de uma hora e meia.

O Conselho decidiu ainda suspender a Renault por dois anos, mas a punição só será executada se a escuderia cometer outra irregularidade. Já Pat Symonds, que confessou ter sido um dos mentores do plano, foi suspenso por cinco anos.

O brasileiro Nelsinho Piquet foi beneficiado pelo esquema de delação premiada e não sofreu qualquer sanção. Assim como Fernando Alonso, que, segundo a FIA, "demonstrou não ter nenhuma responsabilidade no caso".

11 comentários:

Fábio Andrade disse...

E depois ainda dizem que a cidade de São Paulo prepara algumas das mais deliciosas pizzas do mundo.

Eu prefiro as de Paris.

Paulo Maeda™ disse...

mas isso jah era esperado... ao menos Safatore levou um belo chute no traseiro e já vai tarde da F1. E será que a Horrivelnault num vai fazer outra besteira e ser banida de vez da F1? sei não...

Luís Augusto disse...

O Briatore foi tarde. A Renault merecia punição maior.

Ron Groo disse...

Isto vem me dar razão, já que em nosso ultimo programa eu disse que o alvo de tudo isto era o Briatore, o Pat rodou por que quis, já que a FIA (Fernando International Aid) até lhe ofereceu imunidade.

Mas tá bom. tá ótimo.

Marcelonso disse...

Felipão,


Caso resolvido,punição mesmo só para Briatore,merecida!

O resto segue,ano q vem ninguém lembra!


abraço

Willian disse...

Depois dessa, uma dúvida me inquieta; será que o Grosjean permanece na Renault em 2010?
Acredito que possa pintar uma vaga para o Di Grassi aí!

Hugo Becker disse...

Fala, Felipão!

Eu vi comentários seus em outros blogs dizendo que, na sua opinião, ficou de bom tamanho.

Bom, pra mim ficou super barato. Até demais. Só estou curioso pra ver o que vai acontecer com o Nelsinho na F-1... porque do jeito que as coisas estão, sou capaz de apostar que ele terá um lugar em alguma equipe em 2010.

oliver disse...

Sacanagem,

grande sacanagem,

abominável sacanagem,

uma tremenda sacanagem.


POW,

perdoaram o alonso.

Daniel Médici disse...

A pizzas parisienses são intragáveis. Lembro de uma no XXème, numa travessa da Rue de Bagnolet... Nossa, terrível.

Tem outra, ainda, na Place de la Concorde...

Bruno Santos disse...

hã?
Pelo menos a vitória do Alonso deveria ter sido cancelada. Saiu barato mesmo, e no jogo de cartas marcadas, o nome Piquet mostrou sua força. Alguém duvida que o Nelsinho volta? Eu não...

Joel Marcos Cesetti disse...

Esperavam outra forma de ação, isto é F1!