sábado, 6 de junho de 2009

Retrospectos e expectativas

Nos últimos dias, foram levantados retrospectos e estatísticas de pilotos e equipes para o GP da Turquia. Em um giro rápido pela internet, podem ser encontrados inúmeros argumentos para apontar os favoritos para a corrida de amanhã.

Entre eles, podemos destacar o histórico de Felipe Massa em circuitos anti-horários, as vitórias da Ferrari nesta prova e o desempenho apresentado pela Brawn até aqui.

No entanto, depois de uma prova vexaminosa em Mônaco, Sebastian Vettel surge como um dos grandes favoritos ao triunfo, com a expectativa de manter a escrita vitoriosa de poles-positions no GP da Turquia. Além disso, conta a seu favor um retrospecto pessoal: nas duas oportunidades que partiu da primeira posição, venceu a corrida.

Inclusive, Vettel parte do lado limpo da pista, fator de suma importância em razão do asfalto de pouca aderência. Por isso, a pole conquistada em cima de seu principal concorrente à vitória, no último momento do treino, tem um sabor especial.

Vale lembrar que, nos últimos dois anos, o segundo colocado do grid perdeu a posição para quem vinha de trás. Assim, espera-se que o "staff" da Brawn faça o possível para limpar a área à frente do carro de Jenson Button, segundo colocado, para diminuir essa desvantagem.

Pode ser a chance de Barrichello (se é que alguém ainda acredita nele) que, mais uma vez, andou a frente de seu parceiro da Brawn durante grande parte do final de semana.

Infelizmente, apesar de todas as alternativas apresentadas nessa classificação, grande parte das arquibancadas estavam vazias e cobertas por uma capa preta. A foto que ilustra esse post é emblemática, pois representa o sentimento atual dos fãs em relação à categoria.

6 comentários:

Daniel Médici disse...

Uma boa escolha de foto para o post. Em tempos de brigas e rixas políticas na F1, ela mostra como os dirigentes estão brigando por um poder que, mesm o sólido, se desmancha no ar a olhos vistos.

speed.king.thrasher disse...

Pois é... a foto é realmente algo de muita expressão, pois não é só lá...é F1 vinha ficando cada vez mais elitista, essas mudanças nos custos talvez possam ser um bom caminho pra isso.

Enfim... amanhã ganha Vettel, salvo algo extraordinário a Turquia sempre é palco de corridas pífias...

abs!!

GP Oficina Mecânica disse...

Eu acho que da Vetel...

Como voce disse, sera que alguem ainda acredita em barrichello. Eu acredito, o cara pode ser o que é hoje, mas seu passado nos mostra que onde ele esteve sempre foi campeão, andou muito bem e etc.

A respeito da F1 de 2010, sou a favor de deixar as 19 possíveis equipes na pista, iriam aparecer inumeras revelações de pilotos e equipes. Alem de dar mais lucro aos organizadores.

Abraços.
Carlos Eduardo Szépkúthy

Luís Augusto disse...

Pois é. Estão abrindo mão dos locais tradicionais das provas para levá-las a países sem nenhuma história no automobilismo. A foto é emblemática mesmo. Duvido que haveria arquibancadas assim no Canadá, na Bélgica ou em Portugal.

Felipe Maciel disse...

A FOM tratou de tirar câmeras de determinados locais para não revelar o vazio demográfico no autódromo.

É isso que nossos brilhantes dirigentes estão conseguindo fazer.

Marcos Antônio Filho disse...

é um bom circuito,mas a turquia não tem tradição na F1.Por isso que fica assim as arquibancadas. E sobre a corrida,Vettel vai ter a chance de provar que ganaha no seco tb.