domingo, 14 de junho de 2009

"La marseillaise", em alto e bom som

Somente uma prova como as 24 Horas de Le-Mans para salvar o automobilismo de uma verdadeira enxurrada de más notícias. A tradicional prova de resistênica foi marcada por uma vitória incontestável do trio David Brabham / Marc Gene / Alex Wurz, a bordo do Peugeot 908.

Os principais concorrentes dos "leões", os Audi R15 TDi, sofreram uma série de problemas mecânicos durante a prova. O melhor deles, comandado pelo trio Dindo Capello / Allan McNish / Tom Kristensen, chegou em terceiro, a sete voltas do Peugeot vencedor.

Na segunda colocação, completando a dobradinha, chegou o trio formado por Sebastien Bourdais/Franck Montagny/Stèphane Sarrazin, que havia partido da pole. Na GT2, destaque para o bicampeonato de Jaime Mello Jr, que dividiu uma Ferrari F430 com Mika Salo e Pierre Kaffer.

6 comentários:

Luís Augusto disse...

Parabéns à Peugeot! Já estavam merecendo desde o ano passado e se aproveitaram do envelhecimento da equipe da Audi.

Marcos Antônio Filho disse...

A Peugeot mereceu e eu torci pra que o Bourdais tivesse vencido, pra ver se a moral dele na F1 aumentava...

Hugo Becker disse...

Foi um banho, e é muito bacana ver a declaração do Gené após a prova, confessando que chorou na última volta. Deve ser sensação mais incrível do mundo vencer uma prova como essa e escrever seu nome na história...

E a MotoGP, hein? Nunca vi nada parecido...

Abraço!

Teca disse...

Espetacular Le Mans...

Na 125cc, eu vi esse video http://www.youtube.com/watch?v=oeVTm0aZEsc e nem acreditei!

Beijos.

GP Oficina Mecânica disse...

Eu estava torcendo pela Audi, mas deu Peugueot, fazer o que?

Mas Le Mans é d+, assisti um pedaço da prova, qunado o dia amanheceu lá na frança, isso sim que é corrida.

Carlos Eduardo Szépkúthy

Paulo Maeda™ disse...

eu não vi a prova (falta paciência para essas coisas rs) mas deve ter sido animal ver os Peugeots vencendo e assim, com ampla vantagem. Flw