sexta-feira, 15 de maio de 2009

Novela da tarde

A reunião entre Fota, FOCA e FIA, realizada em Londres, terminou agora a pouco. E nada mudou. A entidade, através de Max Mosley, manteve o teto orçamentátio voluntário no regulamento da F1 para 2010. Com isso, as equipes devem se reunir, novamente, para definir um novo plano de ação. Inclusive, a Ferrari já se comprometeu a entrar na justiça contra a medida.

A novela promete ser longa. Mosley vem utilizando o interesse de novas equipes para a manutenção da regra no regulamento. É o caso da Lola, considerada a maior fabricante de carros de corrida do mundo, que já garantiu, através de uma nota, participação no campeonato do ano que vem.

Em 1997, a Lola, após parcerias técnicas com Bowmaker, Honda, Embassy-Hill, Haas e Scuderia Italia, fez sua última incursão na categoria. Com um carro desenhado às pressas e um motor obsoleto, a equipe não conseguiu a classificação para a corrida inaugural daquela temporada, realizada na Austrália. Os pilotos Vincenzo Sospiri e Ricardo Rosset (foto) ficaram, respectivamente, a 11 e 13 segundos do tempo da pole. Diante do grande vexame, a Lola perdeu o patrocínio da MasterCard e anunciou sua retirada na corrida seguinte.

12 comentários:

Helio Herbert disse...

Acho que ninguém quer a Ferrari fora da F1,vão acabar se entendendo...Agora é muito estimulante ver uma equipe como a Lola voltar para a F1 de onde ela jamais deveria ter saído,espero que ela dê muito trabalho às outras equipes.

Marcos Antônio Filho disse...

pensei que vc ia falar de senhora do destino..hehehe

vc nitidamente como esse carro da lola era quadrado e estranho. Deu no que deu. Também, vicenzo sospiri e Ricardo Rosset é dose pra leão...

murilo disse...

é Felipão, será que a lola volta ?? será que a Ferrari e um mais um monte de equipes ficam ??
qual sua opinião ?? eu gostaria que todo mundo ficasse e mais um monte de gente chegasse, vamos ver né... abração!

Felipão disse...

Então Murilo... É a grande chance do Mosley se tornar independente das montadoras. Se ele estiver levando ele mesmo a sério, está contando com Brawn, Williams, USGPE, McLaren, Lola e alguns gatos pingados oriundos da GP2 e algum ou outro que aparecer. Por outro lado, se a cisãoacontecer, não acerdito nas outras se juntando para criar outra categoria, como aconteceu com a CART e IRL. Mas, acho que a FIA dá o braço a torcer, como sempre, e dá a Ferrari o que ela quer.

Tohmé disse...

Porra, a Ferrai ia abandonar.....e agora vai entrar na Justiça???

Ron Groo disse...

É o tal cabo de guerra que falei, e vai longe até que cheguem a um acordo. E sempre chegam.

Quanto as equipes novas... Dados os nomes e "seriedade" deles eu fico com os Raimundos...:
"-Casca do cerrado, chegaram os mortos de fome, sujeira de outra parte que vem pra sujar seu nome..."
Da letra de "Baile funk"

SAVIOMACHADO disse...

Sinceramente não acredito muito nessa novela. Tanto que nem postei nada sobre assunto, até mesmo porque ultimamente o tempo está curto demais.
Prefiro ficar esperando.
Abraço.
SAVIOMACHADO

Daniel Médici disse...

Dizem que a própria MasterCard obrigou que o projeto fosse colocado em piosta às pressas. E a Lola só sobreviveu ao fiasco porque foi comprada. Caso contrário, iria à falência.

Felipe Maciel disse...

O Mosley está insuportável, chegou até a xingar o pessoal de Maranello. Ele pode sim lançar um teto orçamentário, mas ao menos proponha um valor razoável. Até a FI pode gastar mais que aquilo.

Estou torcendo muito para ele abandonar o barco nas eleições desse ano, mas pelo empenho em perturbar a todos, parece que vai ficar.

Joel Marcos Cesetti disse...

Quantas vezes a Ferrari disse que ia abandonar a F1? é só papo furado.
Entra 2010 e lá está ela.


abs

GP Oficina Mecânica disse...

Cheguei meio atrasado, mas...

O carro de 97 poderia ser lerdo, mas eu gosto da combinação de cores, o desenho, acho um carro bonito.

Carlos Eduardo Szépkúthy

Hugo Becker disse...

Esse carro da Lola de 1997 foi uma das maiores bizarrices que eu já vi... uma espécie de Andrea Moda do final dos anos 90.