quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Belíssima 512 S

1970 Ferrari 512 S

Separei essa fantástica imagem, postada no Fove. Trata-se de uma 512 S, desenvolvida para combater a hegemonia da Porsche nas pistas.

O modelo estreou com pole e um quinto lugar de Mario Andretti nas 24 Horas de Daytona, em 1970.

Na sequência, em Sebring, vitória do trio formado por Mario Andretti, Ignazio Giunti e Nino Vaccarella. Lembrando que, nessa corrida, Andretti ultrapassou o Porsche da dupla Revson / Mcqueen na última volta.

Infelizmente, o projeto tinha sérios problemas de robustez e as coisas não foram bem nas outras provas do Campeonato, incluindo Le-Mans.

Os italianos só voltam a vencer na última etapa do ano, nas Nove Horas de Kyalami, com a novíssima 512M (Modificata), mais leve, potente e com novas soluções aerodinâmicas em relação a sua antecessora.

Para o ano seguinte, desenvolveram um novo carro, o 312 PB, e o 512M passou a correr apenas com equipes privadas.

4 comentários:

Gustavo disse...

Lindo de morrer!
Voce viu a releitura que fizeram deste carro? Exclusivissimo só um foi feito.

Luís Augusto disse...

Acho que foi esse modelo que fez Dom Enzo pensar em desistir das categorias de Turismo e Protótipos e ficar só com a F1.

Marcos Antônio Filho disse...

é um belo modelo,pena que não foi um carro vencedor...

Ron Groo disse...

Eu tenho miniatura das duas. Da 512 e da 512M. são lindissimas.