terça-feira, 25 de novembro de 2008

Corrida de Kombi

Uma rara imagem do automobilismo brasileiro dos anos sessenta.

Corria-se de tudo naquela época, até mesmo de Kombi.

Naquele distante nove de outubro de 1966, vitória de Sérgio Cardoso, em corrida realizada no Autódromo da Guanabara.

Segundo Sidney Cardoso, em comentário no Blog do Gomes, seu irmão Sérgio venceu com uma média horária de 74 km/h.

E tudo isso numa Kombi velha.

Essa foto, do momento exato da ultrapassagem de Sérgio sobre Marcus Vinicius, foi retirada do acervo do Óbvio.

6 comentários:

Teca disse...

Ô doido!

Curti essa...

Lembro-me de ter andado algumas vezes de carona numa Kombi: eu sempre tinha uma sensação estranha de que ela iria virar... será pouco estabilidade?


Beijos.

Luís Augusto disse...

De Kombi é dureza...

Joel Marcos Cesetti disse...

Li todos os posts estão ótimos.
As mil milhas já era de esperar!
Impressionante o estado do Lotus 72C.

abs.

Ron Groo disse...

Queria ver estas 'pão de forma' fazendo a Eau Rouge, a Loews ou a Parabólica de Monza, heheheh ia ser engraçado.

Paulo Maeda™ disse...

"Pão de Forma" saudosistas.
Q legal isso, não sabiam q até disso corriam....rs
Estabilidade não deveria msm ser o forte delas.

oliver disse...

Chega a ser ininteligível que um povo tão apaixonado pela velocidade, com uma infinidade de pilotos de ponta, com uma disposição inabalável para competir, com um ânimo incansável para tentar e continuar, com uma mente brilhante para inventar e arrumar, seja apenas EMPURRADO em direção ao futebol.

É futebol, futebol, futebol, futebol, futebol, futebol, futebol, ....

Carros, aqui, só o "estelionato" da bolha, sob o controle das grandes "corporações".

É isto.


GOOOOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL