quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

A vitória de um piloto saído do coma.

Antes de se tornar bicampeão mundial de Fórmula 1, Mika Hakkinen passou momentos complicados dentro da equipe McLaren. Depois de conseguir um contrato com o time inglês, Hakkinen não pode fazer sua estréia, pois a Marlboro, patrocinadora da escudeira, impôs a vinda de Andretti da Indy. Restou para ele o posto de piloto de testes.

mika

No campeonato de 1994 seu desempenho foi bem irregular, mas o carro também não ajudava muito. Mas o pior momento de sua carreira ainda estava por vir. Um acidente terrível quase tirou a vida de Mika no final da temporada de 1995.

O Grande Prêmio da Austrália, realizado no circuito de Adelaide, era a última corrida daquele ano. Hakkinen queria fechar bem o campeonato, por isso, entrou na pista para a classificação com pouca asa. O finlandês vinha numa volta rápida quando sua McLaren perdeu o controle, tocou numa saliência e decolou na curva Matthouse, batendo violentamente contra a barreira de proteção.

Mika Hakkinen sorfreu uma pancada forte na cabeça e seu estado de saúde era desesperador. Havia sangue em seus pulmões, fraturas na arcada dentária e na base craniana, fora a língua que estava quase decepada. Mika foi submetido a uma traqueostomia, ficando por dois dias em coma. Se não fosse a rápida intervenção médica, o piloto possivelmente teria morrido.

O finlandês da McLaren se recuperou de forma surpreendente e foi confirmado para a temporada de 1996. Mesmo com o grave acidente acontecendo em novembro, Hakkinen esteve presente nos testes de pré-temporada. Dois anos após o seu quase fim, Mika desbancou Schumacher e a Ferrari para conquistar o bicampeonato mundial. Foi a vitória de um piloto saído do coma.

Segue abaixo o vídeo do acidente de Mika Hakkinen em Adelaide.

11 comentários:

Tohmé disse...

Apesar de sua superação, nunca consegui ver nele um verdadeiro campeão. Sei lá porque....

Anônimo disse...

Interessante...

E pensar que o Häkkinen queria continuar na Lotus... parece que foi o Keke Rosberg (seu manager) que insistiu que ele aceitasse ser o piloto de testes (ou reserva) na McLaren em 1993!

Em 1996 e 1997 Häkkinen mostrava bons desempenhos mas... faltava alguma coisa... reflexo do acidente? provável...

Depois de vencer no último GP de 1997 - com o Jacques Villeneuve abrindo a porta - parece que o gatilho foi acionado e nos dois anos seguintes só deu Häkkinen-McLaren...

Ao contrário do Tohmé ai em cima, eu gostava da performance do finlandês, achava-o um bom piloto... muito bom!

Bela foto do finlândes voando em 1993!

abraço,
Renato

Leandro Montianele disse...

Em 1993 o Hakkinen seria piloto titular da McLaren ao lado do Senna, mas como a Marllboro impôs a vinda do Andretti, sobrou o posto de terceiro piloto. De qualquer forma foi uma boa para o finlandês.

Eu também sempre gostei dele. Sua temporada de 1998 foi ótima, bem superior ao Schumacher. Pra mim, Hakkinen foi muito melhor que Raikkonen quando o assunto é piloto finlandês.

Abraços!

Ron Groo disse...

Hakkinen pra mim foi o unico piloto que venceu mesmo, de verdade o Schumacher. Até por conta desta história de superação dele.
O resto é resto. Ganhou pelo carro ou por o alemão estar em fim de carreira.

De Gennaro Motors disse...

felipão ! linda imagem cara!

Parabens Leandro...pelo post

abraço, Fernando Gennaro

GP Oficina Mecânica disse...

Sempre admirei ele... esta história é surpreendente demais... Poucos pilotos depois de um acidente grave voltam a acelerar e render como antes... (vide Kubica)

A foto é sensácional... E tambem o capacete dele, feito pelo Sid Mosca é um dos mais bonitos que já vi....

Ótimo post, parabéns!

Carlos Eduardo Szépkúthy

Marcos Antônio Filho disse...

realmente Mika é um pilotaço, teve grandes momentos e junto ocm o Hill, foi o que fez mais frente ao Schummy.
Torci muito pro mika fazer o Schumacher se dar mal...rs

Marcelonso disse...

Leandro,


Mika foi um piloto que realmente surpreendeu,no inicio duvidamos de sua capacidade,mas com o passar do tempo mostrou que tinha talento.


abraço

Leandro Montianele disse...

Concordo com o Groo, Hakkinen foi o único a realmente superar Schumacher.

Valeu galera!!

Abraços!

Kakazu Motorsports disse...

Iaew Felipão qnto tempo hein......
Concordo que o Hakkinen foi o unico piloto a fazer frente de Schummi.....
Os dois tiveram momentos Senna e Prost...belas memorias....
Merecida os 2 titulos....

Hugo Becker disse...

Caramba, me lembro desse acidente... aliás, o biênio 1994/95 foi um tanto quanto aterrorizante pra F-1, hein...

Eu sempre respeitei demais o Mika, justamente em função da superação que ele teve após esse acidente. O cara é um guerreiro e sempre foi boa gente, sempre otimista e ainda gosta de tomar uns porres vez ou outra. Não é gênio, mas é guerreiro, e isso o torna um grande campeão.