sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Dia conturbado na Itália

O alemão Adrian Sutil confirmou a boa fase da Force-India e conquistou, em Monza, a primeira colocação do segundo treino livre e o melhor tempo no combinado das sessões desta sexta-feira.

Até o novato Jaime Alguersuari, da Toro-Rosso, surpreendeu ao registrar a maior velocidade dos treinos, com a marca de 344.1 km/h.

Na maior parte do tempo, inclusive, prevaleceu o equilíbrio entre as equipes, com dezessete carros andando no mesmo segundo.

Porém, nada disso interessa.

Tudo acabou ofuscado, mais uma vez, por assuntos extra-pista.

Como foi amplamente divulgado na imprensa, a Renault foi à justiça francesa e denunciou a família Piquet por "chantagem com agravante".

Além disso, o chefão Flavio Briatore baixou o nível da discussão ao insinuar que Nelsinho teria um caso com um homem mais velho.

E, a seguir, cenas (lamentáveis, provavelmente) do próximo capítulo.

8 comentários:

Marcos Antônio Filho disse...

é... Infelimente, mais um evento extrapista ofusca o que é mais importante na F1: as corridas...

Ron Groo disse...

A Atuação do alemão Sutil nos mostra que o negócio era o carro e não o piloto.
E agora, se o Sutil for bem a Ferrari vai correr atrás dele?

F-1 A.L.C. disse...

concordo com Groo. a melhra vem da F.I. e não do fisichella. mais que o treco vai estar apertado amanhâ, vai

Marcelonso disse...

Felipão,

O carro da Force India vai muito bem em pista de alta,a melhora da McLaren sobrou para o time de Opash.

Será que amanha Sutil finalmente desencanta,ou Raikkonen tira ele?

abraço

Jessica Corais disse...

Com Fisico ou sem Fisico, a Force India continua andando muito...

Brilhante campeonato realmente!

Abraços, Jessica Corais

GP Oficina Mecânica disse...

Muito chato esse assunto da Renault e o Nelsinho... acabou com sua carreria antes mesmo de começar...

E quem diria Force India heim... Muito legal, 17 carros no mesmo segundo, vai ser um corridão... Pelo menos eu espero...

Carlos Eduardo Szépkúthy

Bruno Santos disse...

Nelsão denunciando que o Alonso sabia de toda a armação. Belas cenas, sinal que a casa francesa caiu. Já que o sobrenome Piquet não conseguiu repetir o sucesso de outros tempos, é bom dar uma faxina na categoria, tirar algumas máscaras. Que o circo pegue fogo agora.

Fabiano disse...

Se o Nelsinho tiver um caso com um homem, qual o problema? A F1 ja teve piloto mulher, piloto negro, por que não piloto gay?

(ATENÇÃO: Eu não disse que ele é, eu disse que,se for, não tem problema)