quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Imagens da Europa

83 Williams FW08C - Cosworth - J.Palmer - Brands Hatch

Surpreendentemente, a Fórmula-1 havia reservado o dia 25 de Setembro de 1983 para uma corrida nas ruas de Nova York. Porém, com o cancelamento do evento, os dirigentes optaram por uma segunda corrida na Inglaterra, em Brands Hatch.

Revivendo o nome "Grande Prêmio da Europa", o esquema passou a ser utilizado para complementar o calendário da categoria, como prova extra em países que já sediavam etapas do campeonato.

Na foto, Jonathan Palmer e o terceiro carro da Williams -- inscrito com o número 42 --, no primeiro GP da Europa da história da F1. Na ocasião, seu companheiro de equipe, o francês Jacques Laffite, bastante desmotivado com a posição de escudeiro da equipe, não conseguiu a classificação.

Por outro lado, Palmer, em sua estreia na Fórmula-1, terminou a corrida em 13º lugar. Na mesma pista, 26 anos depois, Henry Surtees morreria em uma prova da F2, que é promovida justamente pelo ex-piloto inglês.

-----------

E para saber mais a respeito do primeiro GP da Europa no período "pré-f1", basta clicar aqui.

9 comentários:

Ron Groo disse...

Grande lembrança, e com uma foto da Williams, que é sempre bem vinda.

Marcos Antônio Filho disse...

jonathan Palmer,promissor piloto de testes até Senna testar o carro e baixar o tempo dele e do Rosberg, em Donington park!

Marcelonso disse...

Felipão,


Essa do GP DA Europa eu não lembrava,o Palmer acabou numa bola de fogo!
Se não me engano chegou a pilotar para a Arrows durante algum tempo,vou pesquisar...


abraço

Felipão disse...

Marcelo...

acho que foram RAm, zakspeed, tyrrell...

além da Williams, como piloto de testes...

Marcelonso disse...

Felipão,


É vc tá certo,foram essas mesmo,lembrei da Arrows pela cor vermelho e branco também usada pela Zakspeed,coisas da idade!


abraço

Bruno Santos disse...

O gp da Europa deveria ser intinerante, não se fixar em uma pista apenas como fez na Alemanha e agora parece na Espanha.
Legal que na F2, o Palmer chefia e os carros foram desenvolvidos pela Williams...

Daniel Médici disse...

Brigadão pelo link, Felipão!

Engraçado pensar na estratégia expansionista da F1 no início dos anos 80: a intenção inicial era fazer provas tanto nas ruas de Moscou quanto NY. Os projetos não deram certo, e derivaram para o GP da Hungria (sucesso) e Dallas (fracasso). Na ânsia de ir para os dois pólos, a F1 ganhou um... GP da Europa! Seu berço e umbigo...

Irônico, no mínimo. Só 20 anos depois a categoria realizou sua fuga da Europa com sucesso..

Rianov Albinov disse...

Da-lhe Palmer!

OFF:
Felipão, dê uma olhada nesta raridade! http://f1nostalgia.blogspot.com/2009/08/brincadeiras.html

Provavelmente a maior raridade que tenho!

Teca disse...

Poxa, as lembranças são históricas...

Beijos.