terça-feira, 21 de julho de 2009

Mais um que se foi: Ricardo Londoño Bridge

Embora não tenha disputado a classificação para o GP do Brasil de 1981, o nome de Ricardo Londoño Bridge figura nas estatísticas daquela corrida, inscrito com um Ensign N180B #14. Inclusive, por ter participado de uma sessão de adaptação em Jacarepaguá, naquela mesma semana, passou a ser considerado o primeiro piloto colombiano da história da F1.

Após registrar um tempo bastante razoável para um estreante -- à frente de Nelson Piquet, René Arnoux, Derek Daly, Bruno Giacomelli e Jean-Pierre Jabouille --, Londoño se envolveu em um acidente com o finlandês Keke Rosberg, que na época defendia a Fittipaldi.

Considerado culpado, “London-Bridge” teve sua superlicença revogada pelos comissários. Foi substituído pelo suíço Marc Surer, que correu com a bandeira colombiana estampada no carro, além dos patrocinadores e do nome de Londoño. Ironicamente, depois de largar de uma modesta 18ª posição, Surer finalizou a corrida no quarto lugar -- o melhor resultado da história da Ensign.

Depois desse episódio, Londoño ainda disputou algumas corridas na Fórmula-2 e na IMSA. Após a aposentadoria das pistas, passou a administrar uma série de negócios imobiliários, incluindo uma rede de hotéis. Todo esse patrimônio acabou confiscado no início dessa década, quando o governo da Colômbia descobriu uma ligação entre o ex-piloto e o narcotráfico.

No último sábado, Londoño foi assassinado em San Bernardo del Viento, quando retornava com dois amigos de um spa. A polícia montou uma operação para caçar o criminoso, mas até o momento não obteve êxito.

10 comentários:

De Gennaro Motors disse...

valeu pela lembrança Felipão!

Marcos Antônio Filho disse...

interessante, esse eu não conhecia...

Alexandre Ribeiro disse...

Caro Felipão:

Parabéns pela pesquisa, confesso que nunca tinha ouvido falar deste colombiano.

Felipão disse...

Valeu Fernando, Marcão e Ribeiro. Boa parte desse material, encontrei nas revistas velha aqui de casa e mais alguma coisa no 8w e f1 rejects. Mas nada supera as revistas da época...

De Gennaro Motors disse...

HAHA vou mandar um autografo então pra vc ! HAHAHHAHAHAA

Tohmé disse...

Tinha lido alguma coisa sobre o colombiano, porém a foto do Surer é histórica e inédita pra mim.
Show

Teca disse...

Que beleza!

Mais uma novidade do Felipão!

Pesquisas bem feitas, histórias sensacionais!

Beijos, meu lindo!

Marcelonso disse...

Grande Felipão,

Confesso que não lembrava dessa história,excelente!

Valeu camarada,já fizemos justiça e add aos favoritos,sempre que possivel estaremos por aqui.

abraço

Paulo Maeda™ disse...

Belo achado Felipão. E esse F1 Rejects eh mto bom msm, uns tempos atrás estava lendo umas histórias lá. Flw

Felipão disse...

Valeu Marcelo!!!