segunda-feira, 25 de maio de 2009

Espetacular Homem-Aranha

Há dois meses, Hélio Castroneves passou por um verdadeiro calvário ao ser acusado de sonegação de impostos pelo fisco dos Estados Unidos. Restou a esperança de torcer por uma pena mais branda, diante da complexidade de seu processo. Entretanto, em uma dessas grandes reviravoltas da vida, foi absolvido e, no mesmo dia, viajou para retomar a carreira em Long Beach.

E não demorou em mostrar a velha forma de sempre. Assim como em períodos românticos do automobilismo, Castroneves deu a volta por cima, vencendo, pela terceira vez, as 500 Milhas de Indianápolis. Um domingo emblemático, de provas clássicas, que ficará marcado pelo renascimento de dois pilotos que já eram considerados carta fora do baralho.

Durante a comemoração, no melhor estilo do “Homem-Aranha”, se pendurou no alambrado e, aplaudido de pé, chegou a tirar lágrimas dos olhos de muitos que por lá estavam. A audiência dos Estados Unidos gosta desse tipo de história. Inclusive, Castroneves já é cogitado para a NASCAR, principal categoria do automobilismo do país.

13 comentários:

Henry disse...

Felipão,
Os amarelos não queriam deixar o ARANHA ir pra teia?

É que nem dar cartão pra jogador que comemora gol!
Ridículo!

Helio Herbert disse...

Para se tornar Campeão além de muito talento o cara tem que ter sorte,e isso não falta ao Castroneves.

Paulo Maeda™ disse...

Felipão, primeiramente vlw pelas palavras lah no meu blog. Bom, foi mesmo um final épico para um personagem que estava quase acabado na Indy. Mas não nego, a vitoria de Hélio foi muito bela. No início um tanto afoito em manter a posicao fez a largada ser abortada, mas sempre esteve entre os primeiros e aproveitou os erros das Ganassis e o azar de Briscoe. Vitória com V maiúsculo.

Ron Groo disse...

Hélio foi sensacional, e fez jus a toda a torcida por ele.
Confesso que achava que a Danica ganharia, já que fazer a pole na Indy500 faz pouca diferença.
Mas o cara é bom mesmo, três vezes bom!

GP Oficina Mecânica disse...

Pois é... nao tive como assitir, mas parabens ao Hélio, e que volta por cima a dele heim... ganhando logo uma 500 milhas de Indianápolis, provou que ainda esta em forma e que não é qualquer um.

Tomara que sua carreria continue de vento em polpa e seria muito interesante ver ele na Nascar.

Carlos Eduardo Szépkúthy

Daniel Médici disse...

Grande Helinho! Um dos pilotos que mais gosto de ver correr, em todas as categorias, e não é porque ele é brasileiro.

Sem bem que eu gosto quando o vencedor da Indy 500 não é ianque. Só de ver os red necks com hot dogs na mão vendo os estrangeiros dominarem as pistas deles, já vale a pena.

andre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
andre disse...

olá, meu nome é andré e sou dono do clickesporteaqui.blogspot.com. Quero saber se vc quer ser meu parceiro. Caso a resposta seja sim, por favor, me responde no blog ou no e-mail andrezinhocosta2@yahoo.com.br

Teca disse...

Essa teia foi bem escalada, Felipão!

Parabéns ao cara! E a você pela postagem!

Beijos.

Luís Augusto disse...

Parece que o estresse da pendenga judicial fez bem ao Hélio, ele guiou muito no domingo!

De Gennaro Motors disse...

assisti a corrida inteira e foi muito competitiva ! parabéns HELINHO !

Cibele Bastos disse...

eu so n tive muito saco pra ver tooooda a corrida! Mas pelo menos acordei na melhor parte: a vitoria do brasuca =)

Cibele Bastos disse...

eu so n tive muito saco pra ver tooooda a corrida! Mas pelo menos acordei na melhor parte: a vitoria do brasuca =)