segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Um olhar sobre os Click´s

F1 na Itália - Dulce Lee

Há alguns anos, em uma rápida pesquisa pela internet, descobri um pouco da história de Dulce Lee, que viajou o mundo, entre 1970 e 1976, transformando grandes momentos do automobilismo em arte.

Em um período que não existia photoshop ou câmera digital, Dulce esteve na vanguarda, queimando, navalhando e pintando os slides, para depois fotografá-los.

Essa é a verdadeira fotografia, considerada a manifestação mais democrática da arte, imortalizando, pelas lentes da fotógrafa Dulce Lee, o romantismo dos anos setenta.

Por esses dias, tive a satisfação de trocar mensagens com ela, no Fove.

Em um certo momento, Dulce, uma verdadeira dama do esporte, se colocou a disposição do blog com suas imagens.

Além disso, se auto-definiu como uma pessoa que adora o que faz... e o que fez.

Sendo assim, registro aqui meu convite, para que visitem e apreciem esses momentos em seu espaço ou no Obvio.

Bravo, Dulce!!!

Não resisti.

Precisava fazer essa surpresa!

5 comentários:

Gustavo disse...

Lindíssimo trabalho!!!

Ron Groo disse...

É, ela é legal, mas prefiro o Cahier.

Luís Augusto disse...

Muito bonito. Quero ver alguém dar esse efeito com uma digital...

Teca disse...

O trabalho dela realmente é muito bacana, já conhecia o de orquídeas.

Porém, uma pergunta que não quer calar: será ela mesma que se cadastrou no Fove?

As poucas vezes que visito vocês, já a vi on-line, mas suas postagens não mudam...

E trabalhos novos, alguma notícia?

Beijos.

Marcos Antônio Filho disse...

Eu ainda tenho dúvidas se ela no Fove,mas se for será um grande privilégio esta rno mesmo fórum que ela. ela é o Cahier foram os mestres em captar os carros