segunda-feira, 6 de outubro de 2008

O recordista brasileiro

Este é o Carcará.

Uma carroceria de alumínio batida à mão sobre um chassi de Fórmula Júnior.

O motor: um modesto DKW de 1.100 cilindradas.

O resultado: o record brasileiro de velocidade, em 29.06.1966, com 212,903 km/h.

E a gente ainda não aprendeu a dizer


QUE POVO FANTÁSTICO.


Faltou o link.

http://www.obvio.ind.br/index2.asp

7 comentários:

Luís Augusto disse...

Esse carro é demais! Guardadas as devidas proporções, lembra os streamliners da Mercedes e Auto Union dos anos 30.

Ron Groo disse...

Faltou dizer o nome do criador desta maravilha: Anisio de Campos, o gênio brasileiro da construção automobilistica.

Felipão disse...

Grande Anísio!!!

Teca disse...

Pois é, fantasticamente brasileiro.

Beijos.

oliver disse...

Não, ron.

Faltou foi o link, que eu tinha te mandado antes.

Mas já vou corrigir.

Mauricio Morais disse...

A gente somos dimais.
Deixando esta "pérola" de lado, o brasileiro precisa se valorizar mais. Vamos deixar esta mentalidade de colônia pra trás.
Vamos ler mais o Darcy Ribeiro, citar e cantar suas odes à mistura de raças e saborear sua cultura e capacidade maravilhosa, sua inventividade, sua ginga, etc, etc, etc. Viva o povo brasileiro.
Apenas deixem os políticos de fora, por favor!

oliver disse...

Grato pelo comentário, mauricio.

E é verdade, Darcy Ribeiro é fantástico.

Entre outros, O Processo Civilizatório deveria ser leitura obrigatória.


Grande abraço.