quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Engenharia Tcheca

Mais uma raridade encontrada no Fove.

Produzido pela Tatra, terceiro fabricante de automóveis mais antigo do mundo, o T87 tornou-se o primeiro carro de luxo do mundo produzido em série.

Talvez, por isso, logo tenha se tornado o carro dos oficiais de Hitler durante o terceiro Reich.

Apesar do design ousado, incluindo um aerofólio na traseira, sua produção foi suspensa, pois o veículo foi considerado inseguro após vários acidentes nas estradas alemãs.

Como curiosidade, vale lembrar que o modelo, fabricado entre 1939 e 1950, era equipado com um V8 de 2.9 litros, instalado na traseira do carro.

10 comentários:

Fábio Andrade disse...

Bom mesmo é o título da postagem! Pensei em 1001 coisas (nenhuma delas ligada ao automobilismo).

=D

Teca disse...

Ih, fofo, que trequinho mais feio esse...

Só mesmo para oficiais de Hitler!

Beijos.

oliver disse...

Chama atenção o para-brisa.

Talvez porque não tivessem tecnologia para fazer vidros curvos, ele é composto de 3 vidros planos, separados por colunas.

Ron Groo disse...

É um carro estranho, tem frente de fusca estilizada e trazeira futurista. Mas tem sua beleza.
Que post bacana aquele em que de novo falei besteiras pra caramba!

Luís Augusto disse...

Existe pelo menos um modelo da Tatra no Brasil. Se alguém tiver curiosidade, o artigo está em

http://antigomoveis.blogspot.com/search?q=tatra

Bruno disse...

Percebe-se de onde os Franceses tiraram a idéia para o Citroen DS :D

O DS no final dos 50 comecinho dos 60 foi também um icone do mundo do design e é sempre referenciado como uma das maiores revoluções do design em carros.

Ao ver o Tatra me parece que os Franceses levaram o crédito que era merecido aos engenheiros da Tatra....

Felipão disse...

Fábio:Reparando, o título ficou sugestivo mesmo...

hehehehe

Teca:Pois é, concordo contigo. Talvez seja por isso que aquele pessoal utilizava esse carro.

oliver:Pois é, oliver. E o terceiro farol me lembrou o tucker. Só que no modelo estadunidense, o farol acompanhava a direção.

Ron:Aliás, a empresa tinha esse lema, de fazer carros que antecipavam o que viria dali 20 anos. Estavam na vanguarda, com certeza...

Luis:Aliás, fica o convite para que leiam o blog todo do Luis, que é fantástico.

Bruno:Com certeza. Aliás, falei desse modelo a alguns posts atrás e nota-se realmente a referência.

Bruno disse...

Desculpem ser chato... Só uma pequena correçãozinha, ou duas:

O nome do carro era Tatra (não Trata) e a produção veio antes da independencia da República Eslovaca ou seja, Tchecoeslovaquia...

oliver disse...

A primeira, EXATO bruno.

Erramos aqui e vai ser consertado.


Quanto à segunda, o título é Engenharia Tcheca. Acho que, desta vez, acertamos.


Outra coisa, não peça desculpas e tu não está sendo chato.

É bom ser corrigido quando se está errado, bem como saber que as pessoas se interessam pelo blog, a fim de torná-lo melhor.

VALEU.

Felipão disse...

Faço das palavras do oliver as minhas,,,

Se vc fez a correção, foi pq nos deu o prazer da visita.

Só temos a agradecer...

E já foi consertado...

Tudo aconteceu por um erro de digitação (hehehe)...

Muito obrigado, Bruno