terça-feira, 14 de outubro de 2008

Algumas imagens a mais

Construídos somente para corridas e quebras de recordes, os Blitzen Benz foram concebidos para dar vida nova aos produtos da marca alemã, que, cada vez mais, perdiam mercado para Peugeot e Daimler.

O sucesso alcançado por esses modelos nas pistas, proporcionou a construção de uma nova fábrica, onde eram produzidos ônibus e motores aeronáuticos.

Infelizmente, após a Primeira Grande Guerra, a empresa não conseguiu se reestruturar.

Assim, a partir de 1924, a Benz submeteu-se a uma fusão com a então rival Daimler.

O modelo da foto, equipado com um propulsor de 21.5 litros e 200 hps, foi responsável, em 1911, pelo recorde mundial de velocidade, ao atingir a marca de 228.1 km/h.

A foto, como sempre, foi publicada pelo oliver no Fove.

4 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcos Antônio Filho disse...

Que isso em 1911 andar a 228 km/h é algo incrível.Quem que foi o piloto dessa façanha?

Mais uma vez,parabéns cada vez mais post melhores não somente sobre a F1,mas automobilismo em geral.Show!

Teca disse...

Pois é, Felipão, de vez em quando vou ver vocês lá no Fove na seção "Algumas imagens a mais"... acabei de sair de lá e vi essa postagem do oliver, agora venho aqui e leio a história.

Tá ficando bom demais!

E esse carrinho aí tem uma "cara" de barco com rodas, né não?

Beijocas.

Luís Augusto disse...

Existe um filme histórico sobre a quebra do recorde do Blitzen-Benz, uma coisa de louco. Felipão, estou tentando te contactar por email, mas acho que as mensagens não estão chegando até vc.