sábado, 27 de setembro de 2008

Adeus Paul

"Correr é a melhor forma que conheço de escapar de todo o lixo de Hollywood"

Por isso, Paul Newman corria.

Pouco acostumado a deixar os trabalhos mais perigosos para doublés, Paul Newman aprendeu todos os macetes de um carro de corrida e pisou fundo durante as filmagens de 500 Milhas.

A partir dali, aos 42 anos, idade em que os pilotos costumam pendurar as luvas, começou no automobilismo, em categorias mais lentas do Campeonato de Automóveis Esportivos dos Estados Unidos.

Faturou três títulos entre 1977 e 1985 da classe GT-1, além de ter participado regularmente da Trans-Am na década de 80.

Além disso, era dono de um dos principais ícones do automobilismo estadunidense, a Newman/Haas, que teve como piloto, um ídolo particular: Mário Andretti.

Deixará muitas saudades, principalmente por seus esforços ao combate às drogas.

Tudo começou com a morte de seu único filho homem, Scott, morto aos 28 anos por uma superdose de álcool com Valium.

Assim, criou uma fundação, cujo dinheiro era arrecadado com a comercialização de molho de espaguete, de pipocas e tempero para saladas, com a marca Newman's Own.

Esse era Paul Newman, um ex-fumante inveterado, que morreu hoje, aos 83 anos, vítima de câncer no pulmão.

Na foto, pouco antes da largada das 24 Horas de Le Mans, quando terminou em segundo lugar com um Porche Turbo.

5 comentários:

oliver disse...

.......................


Dizem que o acidente do Porsche 911, nas 24 de Le Mans, foi real.

E, por conta dele, o roteiro foi alterado, a fim de incluí-lo no filme.

Speeder_76 disse...

Foi um Senhor, em todos os aspectos: a actuar, a correr, até deu um exemplo, como empresário... quando o dinheiro deixa de ser um problema, aí é que se começa a divertir.


Teve uma grande vida, não tenham dúvidas.

Teca disse...

Um dos poucos que sei da história no automobilismo, não bastasse a grande atuação no cinema e na vida empresarial.

Deixa saudade... um belo homem em todos os sentidos...

Um forte abraço.

Marcos Antônio Filho disse...

O mundo do automobilismo e do cinema estão de luta:Genial ator,bom piloto e incrível como chefe de equipe.Newman fará muita falta.

Já é o segundo ícone que o cinema perde esse ano,o primeiro foi Charlton Reston,agora Newman...

Luís Augusto disse...

E era dele a voz do Doctor Hudson do desenho Cars.