terça-feira, 1 de setembro de 2009

Barrichello precisa correr como Raikkonen

Sim, isso mesmo!

Porém, Barrichello não deve correr como o Raikkonen apático da temporada atual, mas, sim, com o vigor do campeão de 2007.

Afinal, restando cinco corridas para o final do Campeonato, Button lidera o certame com uma distância confortável para Barrichello, vice-líder do Mundial.

São 16 pontos de diferença, a mesma que separava Lewis Hamilton (líder) de Kimi Raikkonen (terceiro colocado) nesta altura do Mundial de 2007.

Para chegar ao título, o finlandês ainda precisou superar Fernando Alonso, que estava à cinco pontos de Hamilton.

Naquela oportunidade, Raikkonen conquistou três vitórias e dois terceiros lugares, e ainda contou com o tropeço dos dois adversários.

9 comentários:

Paulo Maeda™ disse...

é vdd hein Felipão, se o 1B tivesse o msm ímpeto que o Kimi teve em 2007 poderia virar esse jogo e ele tem condições pra isso. Mas se ele continuar largando pra trás desse jeito...

Marcelonso disse...

Felipão,

Deveria sim,mas o problema é que ele não consegue!


abraço

F-1 A.L.C. disse...

MArcelonso sempre Tão claro no asunto...

tá certo o melhor que ele pode fazer é se amnter constante e pode reduzir a diferença com Button

agora, aquele negocio da largada...

Ridson de Araújo disse...

Preciso. Ele precisa urgentemente resolver esse troço. Imagina se isso acontece em uma disputa direta pelo título, em Interlagos ou Yas Marina?

aparece lá e comenta as minhas notas (sei que tu não gosta disso, mas o convite fica aqui)

http://historiasevelocidade.blogspot.com/2009/09/ah-e-as-notas-do-gp-da-belgica.html

Hugo Becker disse...

Bela sacada, Felipão. Muito bom mesmo. Mas acho difícil, já que o Barrichello tem uma corrida de gênio para cada 10 corridas comuns ou medíocres...

Em Spa ele guiou demais, o sétimo lugar não reflete o resultado final que ele poderia obter. Uma pena, para ele, para quem torce por ele e para a emoção do campeonato.

Willian disse...

O post prometido! Demorou hein, Felipão. Mas ficou muito bom!

Realmente as semelhanças são muitas e tomara que o Barrichello consiga! Pelo menos eu torço muito para que ele fique com o título!

Abraço

Ron Groo disse...

Como a gente ja tinha se falado a respeito do texto e realmente ele é exelente eu preciso dizer isto...

Rubinho não é Raikkonen e a Brawn não é uma Ferrari em seus melhores dias...

Ou seja. bye titulo.

SAVIOMACHADO disse...

Como todo o campeão, um piloto além de ser bom, ainda tem que contar com muita sorte. Kimi teve muito sorte em 2007 também.
Agora resta saber se Rubens terá também.
Abraços.

SAVIOMACHADO

Bruno Santos disse...

Correr como o Raikkonen e ainda contar com aquela sorte absurda?
Adeus caneco.