terça-feira, 4 de novembro de 2008

Premonição

McLaren M8F Can-Am

Protótipo montado num motor Mercedes-Benz com 6,8 litros de capacidade cúbica.

Em abril de 1972, após os primeiros testes, este chassi foi inscrito no circuito de Hockenheim, levados a cabo por Hans Heyer - o piloto que teve a idéia de inscrever o inédito conjunto.

Teria sido inscrito para a prova da Intersérie marcada para Nürburgring em 3 de abril, mas não houve testes suficientes para tanto. Heyer inscreveu o McLaren-Mercedes para as etapas previstas para Imola e Silverstone, em maio, mas nem sinal do carro: o projeto foi abortado assim que a cervejaria Hannen Alt, que o patrocinava, foi vendida para uma multinacional.

Em 1980, o chassi ainda foi reaproveitado para a construção de um Grupo C que, guardadas as devidas proporções, lembrava a Mercedes 280 SL.

7 comentários:

Teca disse...

Sei não! Ultimamente o "mundo" tá mais pra pré-munição, né não?

Beijos.

Felipão disse...

uau...

que história...

O Heyer que aprontou essa daqui também:

http://blogsportbrasil.blogspot.com/2008/10/bico.html

Isso que era vontade de correr, o percussor da McLaren Mercedes...

Felipão disse...

Ahhhh

e já estava com saudades dessas histórias do oliver...

oliver disse...

Pow, Felipe.

Tenho que deixar isto aqui, de público.

Por isto estava esperando o momento certo, e não te falei nem por MP nem por msn.

Tenho que pedir desculpas, não só pra ti, como pra todo o pessoal que lê o blog.

Tenho estado MUITO, MUITO, MUITO atarefado.

E as coisas estão bem "violentas".

Não me esqueci, mas as idéias estão totalmente VAZIAS.

Ron Groo disse...

A história é sensacional.
E Oliver, aconselho que você tome mais chimarrão. Clareia as idéias e a urina. hehehehe

Luís Augusto disse...

Bela história. Engraçado que nem a McLaren nem a Mercedes a tenham explorado no início da parceria...

Marcos Antônio Filho disse...

Excelente história Oliver,tava fazendo falta suas histórias aqui!