quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Leitura - um hábito saudável e econômico

Furtado, DESCARADAMENTE, da Teca.



O Ministério da Educação está disponibilizando a obra completa de Machado de Assis em formato digital. São 246 arquivos, que incluem livros como “Dom Casmurro”, “Memórias póstumas de Brás Cubas”, “Quincas Borba” e “Esaú e Jacó”.

O lançamento fez parte da abertura da exposição sobre o autor na Biblioteca Nacional, em homenagem ao centenário de sua morte, na última segunda-feira (29).

A versão digital das obras é resultado de uma parceria entre o Portal Domínio Público, do MEC, e o Núcleo de Pesquisa e Informática, Literatura e Lingüística (Nupill) da Universidade Federal de Santa Catarina.

Para facilitar a pesquisa, é possível fazer a consulta por gênero, escolhendo entre romance, conto, poesia, crônica, teatro, crítica, tradução e miscelânea.

O endereço do site é http://portal.mec.gov.br/machado

13 comentários:

Teca disse...

AHAHAHAHAHA

Se for para o bem da humanidade, big, que me "roubem" sempre...

Abraços literários.

Fábio Andrade disse...

BlogSpot tmb é cultura!

Bruno disse...

Putzzz acabei de ler que Bruno Senna estaria conversando com times da F1.... Toro Rosso sendo um dos times...O que me fez pensar: Tem um dedinho do Berger na parada"

http://www.formula1.com/news/headlines/2008/10/8464.html

Marcos Antônio Filho disse...

Machado é genial,já li e tenho todos os livros dele na minha estante,é leitura indispensável!

Felipão disse...

Excelente sugestão...

Ainda mais por toda a história desse incrível mulato, que teve de se superar em várias situações...

Eu mesmo me surpreendo com esse blog...

Fantástico trabalho, oliver e Teca!!

Anônimo disse...

Que viadajem do caralho! porque voces não falam sobre essas porcarias do governo num blog de sapatão e viado? Pensei que isso era um blog sobre automobilismo!?!?!

Teca disse...

Senhor anônimo, com TODO o respeito que lhe cabe: viadagem (com G, por favor) do caralho é a tua que não se identifica...

Desculpe, galera, não aguentei a grosseria da "gostosa"!

Beijos sem estresse.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
oliver disse...

Pior de tudo, é que porcaria que nem tu, que não serve pra nada, jamais vai entender o que foi um romancista como Machado de Assis.

Talvez um dia, quando tu tiver num lixão procurando alguma coisa e, por acaso encontrar uma folha suja e rasgada e pedir pra alguém ler pra ti, vai entender o tempo que jogou fora.

Felipão disse...

Comentário do senhor anônimo deletado...

Passou dos limites, infelizmente,,,

Teca disse...

Quando o palavrão vem dentro de um espetáculo de cultura e atende às necessidades indiscutíveis de esclarecimento do público - em todo o Brasil normalmente culto - faz parte da obra de arte e é absolutamente justificado. Condená-lo é uma atitude, se não hipócrita, ao menos ignorante.

Graças ao Mário Souto Maior, podemos verificar seus significados diversos e aplicações infinitas.

Desculpe a todos, mas tem horas que eu não me caibo dentro de mim...

Beijo carinhoso com todo o meu apreço ao administrador e colaboradores desse blog.

Parei!

Felipão disse...

Verdade, Teca...

e não deixe de frequentar (tentando me adequar a nova lei) o espaço por causa de um pobre coitado como esse...

Fábio Andrade disse...

Pessoas, vamos nivelar o debate por cima, com excelência!

Machado é genial demais para ser preterido em razão de um de nós, pobres mortais.

Deixem esse Rubião metido a Carlos Maria pra lá (e o melhor é que ele não vai saber do que estamos falando!!)