quarta-feira, 6 de agosto de 2008

A saga do garageiro continua

São Paulo - "Não Vendo" .

Essa é a resposta do velho garageiro, Frank Williams, para árabes bilionários, multinacionais de tecnologia, excêntricos e montadoras de automóveis, que ficam diariamente no seu pé.

Entretanto, Frank Williams já não é mais nenhum adolescente e sabe que precisará de novos dirigentes para sua equipe no futuro. Porém, já descartou Jonathan, seu filho, por ser um "cara" muito "bonzinho".

Para o ano que vem, a velha raposa tratou de confirmar Nico Rosberg,que já teve seu nome vinculado ao da McLaren, antes da renovação de Heikki Kovalainen.

2 comentários:

Felipe Maciel disse...

Esse é o grande garagista, que resiste à avalanche das montadora e continua firme e forte.

Grande Frank...

Ron Groo disse...

É por estas e outras que eu sou fã deste senhor. E pouco me importa se o time dele ganha ou não. É o meu preferido.